Ministério da Recepção

O Ministério da Recepção consiste em organizar equipes treinadas para o trabalho de recepção em todos os programas regulares da igreja, tendo como propósito oferecer melhor impressão do amor de Jesus àquelas pessoas que são visitantes, como também aos membros efetivos da igreja.


A recepção na igreja tem o poder de abrir sorrisos e corações. "A primeira impressão é a que fica", diz o ditado popular.

A recepção não só é uma cortesia, como também uma maneira de iniciar um ambiente espiritualmente rico e agradável para o culto.

Como então organizar a recepção? Siga essas orientações básicas:

1. Determine o modelo de recepção de sua igreja

Liste todas as programações e cultos que a igreja terá no ano. Considere que a recepção será necessária em todas as ocasiões.

A seguir, imagine como seria a recepção e quantas pessoas você terá que arregimentar para a atividade durante o ano.

Finalmente, pense o que a recepção irá realizar. Coloque tudo isso num plano de recepção, um documento que será entregue para toda a equipe se familiarizar com a atividade.

2. Forme uma equipe com o seguinte perfil

■ Alegre e comunicativa;

■ Pontual e responsável;

■ Cristã e imbuída de espírito missionário;

■ Possuidora de tato, amabilidade e cortesia;

■ Boa apresentação;

■ Conhece os membros regulares da igreja a fim de poder reconhecer os visitantes.

3. Otimize o trabalho da recepção

Como a equipe estará às portas recepcionando todas as pessoas que chegam, a oportunidade é ideal para a entrega do boletim e de demais materiais que a igreja precisar repassar aos membros.
Outra atividade possível de ser realizada por essa equipe é a contagem de membros e visitantes para o censo.

4. Avalie o trabalho da recepção a cada três meses

Não se trata de avaliar as pessoas que estão ajudando na recepção, mas, sim, o modelo adotado. O que a igreja pensa a respeito da recepção: está no local correto? Está no horário correto? É um ponto eficiente de entrega de materiais?

Não é necessário fazer uma grande pesquisa para saber se é preciso algum ajuste. Converse com 4 ou 5 famílias que sempre freqüentam a igreja e que não tenham feito parte da equipe de recepção. Dessa conversa, algumas sugestões e avaliações podem ser bem aproveitadas.

Participantes desse ministério precisam estar conscientes de que:

■ Seu contato com o visitante, por mais breve que seja, pode determinar a sua conversão;

■ Seu modo de falar representa a imagem da igreja;

■ Esse trabalho deve ser precedido com muitas orações;

■ Todas as pessoas que se aproximarem da igreja, são pessoas por quem Jesus morreu, e a abordagem será um fator para atrair ou afastar;

■ Seu tom de voz é importante. Falar com voz suave; nunca coagir ou pressionar; nunca censurar a roupa dos visitantes;


Guia para diretores de Comunicação, DSA, 2009

Thiago dos Santos

10 comentários:

li e gostei, começo a me interessar pelo assunto pois coordenarei este ano este ministério numa igreja metodista de periferia, Deus abençoe mais e mais a vida de vcs!

o coordenador participa de comissões? pode-se convidar desbravadores?

gostei muito,pois este ano estou com este departamento e tudo é novo para mim.

Gostei das informações, a recepção da minha igreja tem apenas tres meses mas ja conseguiu levar ao tanque batismal algumas pessoas...
Continuem ajudand a nos, diretoras e secretárias de recepção.

AMEI AS DICAS! GOSTARIA DE SABER SE CRIANÇAS PODE RECEPCIONAR?

Obrigado! Por estás informações irei ministrar curso de recepção em minha igreja e gostei muito dessas dicas.
Deus continue abençoando vocês para continuarem nos abençoando.

Boa tarde, gostei muito das dicas,estou a frente de um trabalho de recepção da igreja batista e estou procurando cursos de capacitação,por favor se souberem de algum pra este ano entre em contato comigo.
Meu nome é Simone e meu Email é: sijgi@hotmail.com

Gostei de mais dessas dicas.Já estou trabalhando baseado nessas dicas afim de melhorar a recepção em nossa congregação.Graça e paz em nosso Senhor Jesus Cristo.
IASD Itapery,
Fortaleza-ce

Olá! gostaria de saber se criança, na idade de 9 anos pode fazer parte do Ministério da Recepção? Por favor me responda

Cibelônia da Silva - IASD- Vila Maracá-Amajarí-RR

Se for bem treinada, por que não? A sugestão é que o (a) Juvenil faça os cumprimentos iniciais e um adulto continue com o restante do trabalho (Informações, Pegar endereço para visitações e etc).
Um abraço

Postar um comentário